Você está lendo:
Campanha de vacinação contra gripe começa na próxima segunda-feira
0

Campanha de vacinação contra gripe começa na próxima segunda-feira

by newsmtmaio 1, 2015

Segundo a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde (SES) a previsão é de que mais de 600 mil pessoas sejam vacinadas.

Começa na próxima segunda-feira (04.05) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) em todo estado de Mato Grosso. Segundo a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde (SES) a previsão é de que mais de 600 mil pessoas sejam vacinadas. Seguindo o cronograma do Ministério da Saúde, a Campanha prosseguirá até o dia 22 de maio, tendo o dia 09 definido como o dia D.
Neste período, devem ser imunizados idosos com 60 anos ou mais, crianças menores de 5 anos, gestantes, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias, povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, além de servidores da área da saúde. Portadores de doenças crônicas também integram o grupo alvo da Campanha e devem apresentar documento médico na hora de vacinar.
Para Mato Grosso, serão disponibilizadas 686.400 mil doses da vacina. A meta é vacinar, pelo menos, 80% dos grupos elegíveis.
Atraso 
Inicialmente prevista para começar no dia 27 de abril, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza deste ano teve sua data alterada, em razão do atraso na entrega da vacina, pelo Ministério da Saúde.
A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Flávia Guimarães, explica que as doses têm sido repassadas gradativamente aos municípios, conforme envio do Ministério da Saúde. “O Ministério da Saúde tem disponibilizado as doses de forma gradativa, até o momento recebemos apenas 30% da vacina. Já repassamos para os municípios, via Escritórios Regionais de Saúde (ERS), 15% das doses e os outros 15% serão entregues na próxima semana”, explica Flávia.
Segundo ela, embora adiada por uma semana a Campanha mantém a programação de três semanas de imunização. “Apesar do atraso, a vacinação acontece até dia 22 de maio. A orientação é para que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários procurem os postos de saúde durante a Campanha, para que todos possam ser atendidos”.
O remanejamento gradativo é uma estratégia definida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), a fim de que nenhum município fique descoberto e que sejam minimizados os impactos das intercorrências consequentes do atraso.
O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, esclareceu que o atraso foi devido a problemas no setor produtivo do Instituto Butantan. Devido o atraso na produção e entrega das vacinas, os municípios não poderão antecipar a vacinação.
Fonte: Assessoria
About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?