Você está lendo:
Casa e carro de vereador são alvos de tiros na madrugada
0

Casa e carro de vereador são alvos de tiros na madrugada

by newsmtagosto 22, 2014

Caso aconteceu na cidade de Campo Novo do Parecis; parlamentar suspeita de crime político

Na madrugada desta quinta-feira (21), a casa e o carro do vereador Milton Soares (PR) foram alvos de atentado, na cidade de Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste de Cuiabá).

O atentado, segundo o parlamentar, pode de ser um crime político, já que ele é membro da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga um suposto desvio de verba pública por parte do prefeito Mauro Valter Berft (PMDB).

De acordo com o vereador, ele chegou em casa às 23h e, por volta de 03h15, ouviu os disparos, mas não sabe se quem atirou estava de carro ou moto. Pelo menos, nove tiros atingiram sua casa e o carro.

“As 03h15, eu acordei com os tiros. Não imaginava quem poderia ser o autor dos disparos, e nem sabia se os tiros tinham atingido minha casa. Meus vizinhos ouviram os tiros também, mas ninguém saiu. Hoje, quando levantei de manhã, constatei que dois tiros atingiram o carro e o restante, a porta, a janela e a grade do apartamento. Foram nove tiros, ao todo”, disse o vereador ao MidiaNews.

Milton Soares registrou a ocorrência na delegacia da cidade e disse que as imagens das câmeras instaladas na rua poderão identificar os autores do atentado.

“Já foram solicitadas as imagens e, certamente, a Polícia Civil terá condições de identificar o autor ou autores do crime”, disse.

Soares não descartou a possibilidade de que o caso tenha caráter político.

“É cedo pra falar, mas eu acredito que seja crime político. O que eu posso afirmar é que eu não tenho nenhum inimigo na cidade. Nunca discuti com ninguém. Então, a única suspeita é que haja envolvimento político, sim. Pelo fato de eu integrar a bancada de três vereadores que assinaram o requerimento para a instalação de uma CPI para investigar o prefeito da cidade”, completou.

A Comissão da Câmara, segundo Milton Soares, é para investigar denúncia de desvio de verbas das obras de construção de seis salas de aula, em uma escola no bairro Jardim das Palmeiras.

“Essa apuração é para saber se houve algum tipo de desvio de dinheiro público. Desconfiamos que houve, sim, pagamentos indevidos para a construtora”, disse o vereador.

O crime será investigado pela Polícia Civil da cidade, que ainda não se pronunciou sobre o caso.

Outro lado

O prefeito Mauro Valter Berft não foi localizado pela reportagem.

Sua assessoria informou que ele está em Brasília e que, por enquanto, não vai comentar as declarações do vereador Milton Soares.

MAX AGUIAR
About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?