Você está lendo:
Comarca de Nova Ubiratã completa 10 anos
0

Comarca de Nova Ubiratã completa 10 anos

by newsmtsetembro 25, 2015
Em 24 de setembro de 2005 foi instalada a Comarca de Nova Ubiratã (502 km ao norte de Cuiabá). Desde então, nestes 10 anos só crescem os laços da unidade judiciária com a população.
O prédio do Fórum é o maior exemplo da boa relação entre população e o Poder Judiciário. Sua construção foi viabilizada em conjunto entre a Justiça mato-grossense, a Prefeitura e a Câmara dos Vereadores. Além disso, cerca de 300 pessoas contribuíram de forma particular nessa empreitada, e o resultado é elogiado por todas elas.
A Comarca, considerada ainda criança quando comparada às outras unidades do Poder Judiciário mato-grossense, possui Vara Única e conta com 24 colaboradores, entre efetivos, comissionados, estagiários, credenciados, terceirizados e contratados, que respondem à direção do juiz Jacob Sauer.
Para o magistrado, é uma grande satisfação contribuir com o desenvolvimento da unidade. “Nesses 10 anos de instalação da Comarca, o Poder Judiciário contribuiu de forma decisiva para a pacificação social de uma região que vivenciou muitos conflitos fundiários no passado recente”, destaca.
A gestora-geral da Comarca, Solange Lemos da Rosa, também se diz orgulhosa em participar da história da unidade, e, quando questionada sobre os colegas de trabalho, não faltam elogios. “Durante estes dez anos, tive o prazer de trabalhar com pessoas excepcionais, profissionais realmente empenhados em levar a melhor prestação jurisdicional e ainda passar o conhecimento para os colegas recém-chegados”, comenta a servidora.
O esforço e bom trabalho realizado pelos servidores em prol do crescimento do município, mesmo diante das dificuldades, é motivo de reconhecimento e elogios também por parte do juiz. “Deve ser destacado que o êxito dos trabalhos se deve à dedicação do quadro de pessoal”, pontua o magistrado.
Solange aproveita para agradecer o empenho dos servidores que já passaram pela Comarca e daqueles que ainda ali permanecem. Ela registra, também, um agradecimento à Guarda Patrimonial, por cumprir seu papel de forma exemplar, bem como aos colaboradores, que da mesma forma “se dedicam a fim de alcançar os melhores resultados”.
Juízes – Em 2005, na instalação da Comarca, assumiu Alexandre Delicato Pampado a cadeira de juiz diretor. Posteriormente, outros magistrados vieram a assumir o foro, sendo eles os juízes Carlos José Rondon Luz, Jorge Iafelice dos Santos, Débora Roberta Pain Caldas, Wanderlei José dos Reis, Arom Olímpio Pereira, Ana Graziela Vaz de Campos, Tiago Souza Nogueira de Abreu, Anderson Candiotto e Jacob Sauer.
Fonte: Com informações da Coordenadoria de Comunicação de TJMT
About The Author
newsmt