Você está lendo:
CONEXÃO BOLÍVIA: Polícia desarticula quadrilha que trocava picape por cocaína
0

CONEXÃO BOLÍVIA: Polícia desarticula quadrilha que trocava picape por cocaína

by newsmtdezembro 17, 2014

Base do bando era cidades do Norte de Mato Grosso; adolescentes faziam parte dos assaltos

A Operação Picape, desencadeada pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Várzea Grande, resultou na prisão de cinco suspeitos de assaltar residências no interior do Estado.

Segundo as informações, os alvos eram picapes, cujo destino era a Bolívia, onde os veículos eram trocados por cocaína.

Entre os cinco presos , estão três adolescentes. No esquema, os adolescentes tomavam a frente, praticando o assalto e levando o veículo até Várzea Grande. Na sequência, a outra parte da quadrilha levava as picapes para a fronteira.

Segundo o chefe de operação da Derrf, policial civil Welington Fernandes, as investigações para desarticular o esquema começaram após um assalto a uma residência, em Sinop (500 km ao Norte da Capital).

Conforme a Polícia, os menores agiam com truculência e, num dos assaltos, ameaçaram atirar numa criança de dois anos, caso as vítimas reagissem.

De uma casa, eles roubaram vários pertences, além de uma picape Hilux.

“De lá, a picape seguiu para Barra do Bugres. Os menores ficaram num hotel da cidade, sendo supervisionados por outro integrante da quadrilha”, disse o policial.

As investigações apontam que a quadrilha planejava levar a camionete até a Bolívia, mas, como não conheciam a estrada e nem os melhores caminhos para fugir de barreiras, entraram em contato com o mandante do esquema, um detento do Presídio Ferrugem, em Sinop.

O presidiário, então, contatou um assaltante morador de Várzea Grande, que daria apoio logístico, uma vez que era conhecido por passar pelas barreiras policiais sem levantar suspeitas e ficou responsável por levar o veículo para Bolívia.

Os policiais da Derrf, então, começaram a monitorar o suspeito. “Recebemos a informação de que o acusado embarcaria em um ônibus para Barra do Bugres e que, quando chegasse à rodoviária, seria levado por um deles ao local onde a Hilux estava escondida”, acrescentou o chefe de Operações.

Logo que os suspeitos se encontraram na rodoviária, foram surpreendidos pelos policiais civis.

Os dois não só confessaram a participação no assalto, como levaram os investigadores até um canavial na região, onde a caminhonete foi recuperada.

Com a prisão da dupla de assaltantes, os policiais chegaram até os três adolescentes no hotel, onde eles aguardavam um sinal do chefe da quadrilha para retornar à Sinop.

Os policiais descobriram que o assaltante de Várzea Grande estava com um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela comarca local, pelo crime de roubo.

No momento da identificação, ele apresentou documentos falsos.

Fonte: REDAÇÃO COM ADILSON ROSA
 

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?