Você está lendo:
DONO DE PROSTIBULO PRESO EM NOVA UBIRATÃ RECEBEU QUASE MEIO MILHÃO DE REAIS DA PREFEITURA
0

DONO DE PROSTIBULO PRESO EM NOVA UBIRATÃ RECEBEU QUASE MEIO MILHÃO DE REAIS DA PREFEITURA

by newsmtjaneiro 21, 2016

Prefeito emite nota de esclarecimento

O empresário Antônio Oliveira Cruz, proprietário de um prostibulo no Centro de Nova Ubiratã, preso no ultimo dia 16 de janeiro, acusado de vender bebidas alcoólicas para menores de idade, tem sido o centro das atenções nos últimos dias.

O site acontece News MT, obteve informações que o empresário dono do prostibulo que funcionava no centro da cidade, também é dono de uma empresa denominada ANTONIO O DA CRUZ – ME, CNPJ: 04.586.375/0001-36, com endereço na Rua Rio Grande do Sul, S/N. A empresa recebeu da prefeitura de Nova Ubiratã de 2013 a 2015, quase meio milhão de reais, mais precisamente R$ 445.633,33 para PRESTACAO DE SERVICOS DE MAO DE OBRA P/SERVICOS DE COLETA DE LIXO ENTULHO LIMPEZAS DIVERSAS PINTURAS DE MEIO-FIOS CFE CONTRATO PRESENCIAL 025/2013 CONTRATO ADMINISTRATIVO 023/2013.

O mesmo prostibulo chegou a funcionar no antigo Prédio da Prefeitura, em frente à Unidade de Saúde Central (Pronto Atendimento) e também vizinho ao Fórum de Nova Ubiratã.

Como a noticia repercutiu na cidade, rapidamente Valdenir José dos Santos emitiu uma nota de esclarecimento.

VEJA:

A Prefeitura de Nova Ubiratã, em respeito aos munícipes, vê-se na obrigação de prestar esclarecimentos sobre a matéria “jornalística” intitulada: “EMPRESARIO PRESO RECEBEU QUASE MEIO MILHÃO DE PREFEITURA”, e veiculada, com cunho nitidamente eleitoreiro, no site www.ubiratanews.com.br. Este ligado á políticos que fazem oposição a atual administração pública.

A matéria publicada apresenta um texto confuso, buscando claramente atrapalhar o entendimento do leitor e sem qualquer imparcialidade, contrariando os princípios éticos do bom jornalismo.

No conteúdo o autor (não identificado) tenta associar a imagem do Poder Executivo com a de um comerciante, detido pela Policia Militar na noite do último sábado (16), sob suspeita de vender bebidas alcoólicas á menores de idade.

Diante do exposto a prefeitura torna público o vínculo contratual que manteve com a empresa denominada Antônio O. da Cruz M.E, locada em Nova Ubiratã desde o ano de 2001, na época responsável pela geração direta de 12 empregos.

Sendo que em 20 de março de 2013 a referida venceu a licitação, modalidade pregão, de nº 23/2013 para a realização de serviços de mão de obra como poda de árvores, arbustos, corte de gramas em ruas, avenidas e praças, além de coleta de lixo doméstico, entulhos, limpeza diversas e pinturas dos meios-fios localizados no perímetro urbano do município.

Contrato este, que com aditivos de prazo, somou 23 meses de serviços, totalizando um investimento de R$ 445. 633,33 que divididos somaram um valor médio de R$ 19.375,36 ao mês.

A entidade reitera ainda que o processo seguiu todas as exigências impostas pela legislação vigente no País, uma vez que a empresa em questão se mostrou apta a participar do certame e prestou com excelência suas atividades.
A falha do meio de comunicação, tida como grotesca, será encaminhada ao Ministério Público (MP) que deve tomar as providências cabíveis.

ATT – Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã, em 20/01/2016

Pelas redes sociais Chiquinho disse que mais uma vez o Proprietário do Site Ubirata24horas.com.br, de propriedade do Assessor de Imprensa da Prefeitura de Nova Ubiratã, tenta enganar descaradamente a população citando o nome dele em uma Nota de Esclarecimento.

VEJA:

“Mais uma vez o Proprietário do Site Ubirata24horas.com.br, de propriedade do Assessor de Imprensa da Prefeitura de Nova Ubiratã, tenta enganar descaradamente a população citando meu nome com uma Nota de Esclarecimento que além de nada ter a ver comigo, não esclarece. Busca mais uma vez envolver meu nome em falcatruas que não participo e nunca participei. Como meu nome foi citado, faço algumas ponderações:

– A Nota de Esclarecimento da Prefeitura Municipal não desmente em nada, muito pelo contrário confirma o valor exorbitante pago por um serviço que na minha administração pagávamos em torno de 9 mil reais, ou seja menos da metade desse valor, além de que o Município também pagou outras empresas para tal serviço, conforme consta no Site do TCE e disponível a qualquer cidadão para consulta. Ao invés de explicar, ameaça encaminhar ao Ministério Publico denuncia contra a matéria, tentando com isso buscar dar veracidade a Nota de Esclarecimento.

– Depois mente descaradamente onde afirma que o Município tem vinculo com a Empresa A O de Oliveira Cruz – ME desde 2001. Outra mentira, pois se tivesse lido a matéria ou tivesse consultado o CNPJ veria que a empresa foi constituída em 2005. (fonte: Receita Federal)

– A Nota afirma que a empresa mantem vinculo com a Prefeitura desde 2001, tentando dar a entender que também prestou serviço em nossa administração. Mente novamente, pois a empresa A O de Oliveira Cruz – ME nunca prestou qualquer serviço nos oito anos de nossa administração e nem recebeu qualquer valor.

Reitero meu repudio às constantes tentativas do Site do Assessor de Imprensa da Prefeitura de Nova Ubiratã em tentar vincular meu nome aos malfeitos praticados no Município pela atual administração e que aguardarei o encaminhamento de denuncia ao Ministério Publico pela Administração Municipal, e que se não fizerem, me encarregarei de tomar tal providência”.

Redação com Assessoria

About The Author
newsmt