Você está lendo:
Ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi deixa prisão em Tóquio
0

Ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi deixa prisão em Tóquio

by Radio Tangarámarço 7, 2019

Brasileiro Carlos Ghosn pagou fiança de R$ 33 milhões e ficará em liberdade enquanto aguarda julgamento no Japão

Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, deixou a prisão em Tóquio após pagar fiança milionária. O empresário estava preso desde novembro do ano passado, acusado de fraude fiscal e uso de verbas em próprio benefício. 

O  brasileiro pagou fiança de 1 bilhão de ienes, o equivalente a R$ 33 milhões e ficará em liberdade enquanto aguarda o julgamento, que deve acontecer dentro de alguns meses.

Carlos Ghosn nega as irregularidades, diz que sempre agiu com o aval da Nissan e que é vítima de complô.

About The Author
Radio Tangará