Menu
Seções
MT tem dois municípios entre os 25 com menor população no Brasil e nenhum entre os 25 maiores
agosto 30, 2014 Notícias Gerais

Dois municípios de Mato Grosso constam da lista dos 25 menos populosos do país, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (28.8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros têm como referência o dia 1º de julho de 2014. Estima-se que o Brasil tenha 202,7 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,86% de 2013 para 2014.

Araguainha (foto), localizado no sudeste do estado, na divisa do Goiás, é o terceiro município com menor população do país, com apenas 1000 pessoas. O primeiro do ranking é Serra da Saudade (MG), com 822 habitantes, seguido de Borá (SP), com 835 pessoas.

O outro município mato-grossense dentre os 25 menos populosos, segundo o IBGE, é Serra Nova Dourada, ex- distrito de Alto Boa Vista e São Felix do Araguaia, e que ocupa a 20ª posição no ranking com 1422 habitantes.

Os pequenos municípios brasileiros, em média, apresentam as menores taxas de crescimento populacional entre os anos de 2013 e 2014. O baixo crescimento, ou até decréscimo em muitos casos, pode ser explicado pelo componente migratório, influenciado por seu baixo dinamismo econômico. Para os municípios com população de até 100 mil habitantes, a taxa de crescimento estimada foi de 0,72%.

De acordo com o IBGE, as maiores taxas geométricas de crescimento da população verificadas entre 2013 e 2014 estão nos municípios de “médio porte”, que possuem entre 100 mil e 500 mil habitantes em 2014 (1,12%). Esses municípios, em geral, são importantes centros regionais em seus estados, ou integram as principais regiões metropolitanas do país, configurando-se como áreas de atratividade migratória.

O crescimento nos municípios com mais de 500 mil habitantes (0,84%), por outro lado, é menos acentuado, sendo menor que a média nacional (0,86%). Essa tendência é influenciada, sobretudo, pelo ritmo lento de crescimento de algumas das principais capitais e núcleos metropolitanos, como, por exemplo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Belém, Recife e São Paulo. Atualmente, as taxas de crescimento dessas capitais se encontram abaixo da média nacional.

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso, com 11,9 milhões de habitantes, seguido por Rio de Janeiro (6,5 milhões), Salvador (2,9 milhões), Brasília (2,9 milhões) e Fortaleza (2,6 milhões). Os 25 municípios mais populosos somam 51,0 milhões de habitantes, representando 25,2% da população total do Brasil.

Olhar Direto
Deixe uma resposta
*