Você está lendo:
“Não quero criar problema nenhum”, diz Silval sobre transição
0

“Não quero criar problema nenhum”, diz Silval sobre transição

by newsmtoutubro 13, 2014

Segundo governador, secretariado ficará a disposição de Pedro Taques e equipe

O governador Silval Barbosa (PMDB) afirmou nesta semana que não “atrapalhará” o governador eleito Pedro Taques (PDT) durante o período de transição.

Conforme Silval, todos os secretários atualmente em atividade farão parte de sua equipe de transição.

“Não quero criar problema nenhum. Eu sei que o meu prazo vence dia 31 de dezembro e vou contribuir para que Pedro Taques possa fazer transição com equipe dele, juntamente com nossa equipe, sem criar problema. Desejo muito sucesso a ele”, disse.

“Cada secretário vai estar respondendo por sua respectiva pasta. Ele quer saber de Saúde? Como está a Secretaria? O meu secretário de Saúde vai estar nessa equipe. Ele quer saber como está a saúde financeira do Estado? Como ele vai pegar? Como estou deixando? Eu vou estar com a minha equipe econômica junto com o Marcel de Cursi, pela Sefaz”, explicou.

O governador ainda citou as obras do Mato Grosso Integrado, programa lançado por Silval que visa a pavimentação no interior para interligação de municípios.

“Se Taques quiser saber como estão as obras do MT Integrado, como está a Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu), eu vou estar com a equipe e o meu secretário passando todas as informações para equipe dele”.

Pedro Nadaf

Apesar de todo o secretariado de Silval Barbosa estar à disposição da equipe de transição de Pedro Taques, quem coordenará o processo será o secretário-chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf.

Da parte do governador eleito, o prefeito licenciado de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), será o coordenador.

Ontem, após reunião com Taques no final do dia, Silval também esclareceu que todos os documentos,convênios e informações solicitadas serão repassadas.

“Determinei que Nadaf coloque todas as secretarias e secretários à disposição e que abra todos os números, convênios e o que está acontecendo em cada secretaria para a equipe de transição do governador Pedro Taques. Tudo isso para que ele entre sabendo a real situação do Estado, para não pairar nenhuma dúvida”, afirmou.

Silval ainda afirmou que após a entrega de todos os documentos, Taques irá ver que não há irregularidades em obras citadas durante sua campanha ao Governo.

“Se ele citou na campanha talvez tenha sido por informações equivocadas. Todos os recursos gastos pelo Estado tem que constituir um processo legal. E jamais obras da Copa ou qualquer obra nossa foi realizado sem processo legal. Estou muito tranquilo com relação a isso e o Pedro Taques terá a oportunidade de acompanhar isso“, afirmou.

Leia mais sobre o assunto:

Silval e Taques se encontram no Palácio e iniciam transição

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?