Você está lendo:
Outubro Rosa: Apoio movem servidora do Estado na luta contra o câncer de mama
0

Outubro Rosa: Apoio movem servidora do Estado na luta contra o câncer de mama

by Radio Tangaráoutubro 21, 2016

2f4aea7afd09af9fbd78c1c317a93c4efed30cff1b4aefbd849b916a

O diagnóstico veio um mês após a campanha Outubro Rosa de 2015. Engajada na ação preventiva contra o câncer de mama, a servidora estadual Ana Paula Bondespacho Farias descobriu que estava com a doença.

Aos 40 anos de idade, ela conta que a notícia veio como um ‘choque de realidade’. “Sempre trabalhava a prevenção da doença com as mulheres que conhecia e até mesmo com os meus familiares, mas nunca imaginei que aconteceria comigo”, diz.

Assessora técnica da Coordenadoria de Ações Preventivas da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Ana relata que sentiu os primeiros sinais da doença enquanto trabalhava no projeto social “Cinema na Comunidade”, que exibia filmes às crianças e adolescentes de bairros carentes.

“Fui mudar uma cadeira de lugar e notei que o meu braço esquerdo pesou. Estava diferente, como se eu tivesse tido algum problema ortopédico”, lembra.

O incômodo a levou a procurar primeiro um ortopedista. Mas foi durante consulta com o mastologista que ela encontrou a resposta. “Ele pediu alguns exames e logo encontrou o nódulo na minha mama esquerda. Tinha mais de três centímetros”.

A assessora passou por quatro biópsias, que apontaram o mesmo resultado: carcinoma invasivo. Outros exames identificaram que a doença estava no grau 3B, um dos mais avançados.

Como parte do tratamento, Ana foi submetida a seis sessões de quimioterapia e passou por duas cirurgias para retirada de nódulos. Perdeu cabelos, cílios e sobrancelhas, mas garante que não se abala. “Eu venho trabalhar cada dia com uma peruca, turbante ou lenço de cada cor”.

A fé e o apoio de amigos e familiares ajudam a enfrentar o problema. Também colaboram a psicóloga e a assistente social que trabalham na coordenadoria de Gestão de Pessoas da Sesp. “Em nenhum momento fiquei revoltada. Sempre clamo a Deus pedindo para que Ele me dê força”, afirma.

Outro apoio vem dos jovens e pais que participam de palestras ministradas por ela, nas quais aborda a prevenção à violência. “Saber que estou fazendo o bem a crianças e pais me motiva a continuar enfrentando o câncer”.

Inspiração

A luta de Ana para vencer o câncer de mama serve de inspiração a outras mulheres. Um vídeo gravado por ela foi apresentado nas atividades do Outubro Rosa no município de Nova Ubiratã (506 km de Cuiabá) e pela Associação das Primeiras Damas dos Municípios. O vídeo também foi postado no Facebook.

“As mulheres devem ter determinação para cuidar da saúde e fazer o autoexame. Quem já tem o diagnostico não deve abaixar a cabeça, e sim seguir em frente para vencer a doença”, diz a servidora, que se prepara para iniciar dois meses de sessões de radioterapia.

Campanha

Duas palestras fazem parte da programação da campanha do Outubro Rosa na Sesp. A primeira ocorrerá no dia 24 de outubro, às 14 horas, no auditório da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). A segunda será no dia 25 de outubro, na sala de multiuso da Sesp, também às 14 horas.

A coordenadoria de Gestão de Pessoas da Secretaria também realiza, desde o dia 7 de outubro, uma campanha para arrecadação de suco concentrado e café para o Hospital de Câncer de Mato Grosso.

A ação solidária deve contribuir com o abastecimento do estoque da unidade, que atende pacientes em tratamento de diversos tipos de câncer, além de dar suporte aos acompanhantes.

Esta é a 7° edição da campanha, que é promovida anualmente pela MTmamma Amigos do Peito (Associação de Apoio a Pessoas em Tratamento e Pós-tratamento do Câncer de Mama de Mato Grosso).

O coordenador do setor de Qualidade de Vida da Sesp, Éder Salvaterra, informa que a arrecadação segue até o final do mês de outubro. “Vamos receber as doações até o dia 28 deste mês. Os interessados em participar podem deixar as doações no setor de Qualidade de Vida”, orienta.

About The Author
Radio Tangará