Você está lendo:
Palmeiras é tricampeão da Copa do Brasil
0

Palmeiras é tricampeão da Copa do Brasil

by newsmtdezembro 3, 2015

Prass defende e bate para levar o Palmeiras ao título

O Palmeiras poderia ter colocado fogo no jogo logo aos 10 segundos, quando o atacante Gabriel Jesus, jogando no sacrifício após lesão no ombro, surgiu frente a frente com o goleiro santista Vanderlei. O Santos poderia ter diminuído o ímpeto palmeirense quando a bola sobrou para Victor Ferraz na grande área após boa jogada de Marquinhos Gabriel e Zeca pela lateral-direita. Mas os dois perderam as chances e a final, de 180 minutos, foi decidida nos 45 minutos finais porque nenhum dos dois times conseguiu aproveitar as chances no primeiro tempo.O primeiro tempo foi recheado com o Santos apostando no contra-ataque e na cera. O árbitro Heber Roberto Lopes deu cinco minutos de acréscimos na primeira etapa. O Palmeiras, empurrado pela torcida, ia mais na empolgação para o ataque e dependia dos erros da defesa santista para criar chances de perigo. De lado a lado, dois jogadores não aguentaram a exigência da final. Primeiro, David Braz deu lugar a Werley no Santos. Já aos 40 minutos, Gabriel Jesus acusou a lesão no ombro e foi substituído por Rafael Marques.

No segundo tempo, o Palmeiras abriu primeiro o placar com Dudu. Aos 40, o Palmeiras virou no placar agregado e se sagrava campeão. Aos 42, em cobrança de escanteio, Ricardo Oliveira apareceu e diminuiu. Aos 46, Heber Roberto Lopes apontou o centro do campo. 180 minutos não foram o bastante.

Antes das cobranças, a primeira surpresa: Fernando Prass escalado para bater o quinto e decisivo pênalti para o Palmeiras. Ricardo Oliveira, seu desafeto, nomeado para bater o último do Santos. Nas rodas dos dois times, Ricardo Oliveira e Fernando Prass puxam os gritos.

Na primeira cobrança, Prass puxa o grito da torcida palmeirense. Na segunda, Prass fez o Allianz Parque. Na segunda cobrança, Rafael Marques tira a voz do torcedor. Na última cobrança, o encontro entre Ricardo Oliveira e Prass. A bola passou por um suspiro por debaixo das pernas de Fernando Prass. A decisão foi para os pés e não as mãos de Prass. E o grito alviverde ecoou por São Paulo.

O Palmeiras é tricampeão da Copa do Brasil.

Fonte: Redação PLACAR
About The Author
newsmt