Você está lendo:
Polícia Federal tenta identificar autor de vídeo contra juíza
0

Polícia Federal tenta identificar autor de vídeo contra juíza

by newsmtsetembro 30, 2014

Ana Cristina foi acusada de ser próxima do deputado José Riva

A Polícia Federal está próxima de desvendar quem é o autor do vídeo apócrifo veiculado nas mídias sociais que liga a juíza do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), Ana Cristina Mendes, ao deputado José Riva (PSD). A informação é da corregedora regional eleitoral, desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas.

A magistrada é a responsável por apurar o caso e solicitou à Polícia Federal que investigue de onde partiu o vídeo. Ela disse que a investigação está bastante avançada.

A desembargadora garantiu ainda que será possível identificar o autor do vídeo que poderá ser punido dentro da legislação eleitoral e também por injúria e difamação.

“Hoje em dia não existe mais segredo quando se fala em internet. Se alguém quiser fazer algo hoje no mundo da internet precisa saber que a autoria será desvendada”, afirmou.

Questionado se o TRE sentiu-se intimidado com a divulgação do vídeo, Maria Helena Póvoas negou e disse que a sociedade precisa entender que o magistrado possui vida social e não tem como ficar de fora deste convívio. ”Precisamos que a sociedade entenda que o juiz é um ser que convive numa sociedade. Não posso me excluir da sociedade porque tenho filhos, marido, neto, sou um ser que convivo com outras pessoas e assim é com a Ana Cristina, que a qualquer instante pode estar numa festa de aniversário, social, casamento e ser fotografada do lado deste ou daquele”, afirmou em defesa da juíza.

O vídeo revela que o marido de Ana Cristina, tenente-coronel da PM Alexandre Correa Mendes, teria sido promovido a pedido de José Riva e mostra ainda o oficial em ato político do deputado.

 

ALLINE MARQUES
DO DIÁRIO DE CUIABÁ

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?