Você está lendo:
Prefeito defende exploração, mas teme chegada de “forasteiros”
0

Prefeito defende exploração, mas teme chegada de “forasteiros”

by newsmtoutubro 13, 2015

Donizete Nascimento, de Pontes e Lacerda nega conflitos no local e diz que segurança precisa atuar com “diálogo”

O prefeito de Pontes e Lacerda (547 km a Oeste de Cuiabá), Donizete Barbosa do Nascimento (PPS), afirmou que teme uma invasão de “forasteiros” no município, após a divulgação de que uma grande quantidade de ouro foi encontrada em uma propriedade, a cerca de 18 quilômetros da cidade.

A disseminação de fotos e vídeos nas redes sociais tem colaborado para a chegada de um maior número de pessoas ao local.

“Nossa maior preocupação é com a possível chegada de forasteiros. Temo que isso possa gerar um caos no município. Já temos informações de que estão chegando pessoas de outros Estados, como de Rondônia e do Pará, por exemplo”, afirmou.

Apesar do temor com uma eventual desordem no município, Donizete afirma ser favorável à exploração do local.

Ele citou, inclusive, que a “febre do ouro” no município já traz reflexos positivos ao comércio local.

“Sou favorável à exploração do local. Isso é muito bom para a cidade, as pessoas estão tendo a oportunidade de tirar dinheiro de onde elas nem imaginavam. O comércio do município já sente os reflexos dessa movimentação, a gente percebe um aquecimento na economia local”, disse.

O prefeito citou, por exemplo, que comércios do segmento de venda de ferramentas são os que mais registraram alta nas vendas.

“Os setores de hotelaria, refeição, revenda de carros e motocicletas também tiveram aumento significativo nos rendimentos”, afirmou.

De acordo com ele, apesar da movimentação intensa na cidade, Pontes e Lacerda não registra a falta de suprimentos ou de itens de necessidade básica.

“Sabemos que, com um acontecimento dessa natureza, o município acaba arcando com o ônus e o bônus, mas, felizmente, por enqaunto, está tudo tranquilo.  Não há falta de suprimentos e acredito que também não vai faltar”, disse.

“Novos garimpeiros”

O prefeito Nascimento afirmou também que a maior parte das pessoas que já estão na região explorando ouro é de moradores da própria cidade.

“Temos homens, mulheres, crianças, até idosos, que foram pra região, na tentativa de achar o metal. E eles, de fato, tem encontrado ouro lá”, disse.

“Há, inclusive, pessoas que estão abandonando seus postos de trabalho na cidade, pra se tornarem ‘novos garimpeiros’”, brincou ele.

Ainda segundo o prefeito, até o momento, não há notícias de desordem ou conflitos no local.

“As notícias que temos é de que está tudo correndo dentro da normalidade, a exploração tem sido feita de forma ordeira. Mesmo porque, a maior parte dos que estão lá é de pessoas aqui da própria cidade, que se conhecem, são amigos. Pelo que temos conhecimento, os que lá estão, estão trabalhando sem conflitos”, disse.

“A preocupação mesmo é com a possível chegada de pessoas de fora e que pode gerar algum tipo de confusão”, completou.

Diálogo

O gestor afirmou também que já teve conhecimento de que a Segurança Pública do Estado está monitorando a situação do garimpo no município.

“De fato, é importante tomar providências, para que essa exploração transcorra dentro da normalidade. Mas acredito que qualquer atuação das forças de segurança tem que ocorrer de forma cuidadosa, estabelecendo diálogo com aqueles que estão na área que vem sendo explorada”, disse.

“A Constituição garante o direito de ir e vir, qualquer um que quiser morar em Pontes e Lacerda tem esse direito. Por isso acho que uma eventual ação da segurança tem que ser feita com muito diálogo e habilidade”, concluiu.

Fonte: Do Mídia News

 

 

About The Author
newsmt