Você está lendo:
Presidente do Legislativo e vereadores participam do lançamento do projeto "Escritura na Mão" no distrito de Piratininga
0

Presidente do Legislativo e vereadores participam do lançamento do projeto "Escritura na Mão" no distrito de Piratininga

by newsmtfevereiro 17, 2016

 

O Presidente do legislativo, José Afonso Canola, juntamente com o prefeito Valdenir José dos Santos, a Juíza de Direito da Comarca de Nova Ubiratã, Drª Marina Carlo França, e demais autoridades representativas, participou do lançamento do projeto “Escritura na Mão” no distrito de Piratininga.

Durante a cerimônia, André Welter, representando o Ministério do Desenvolvimento Agrário-MDA, repassou ao poder executivo, o documento de doação de aproximadamente 92 hectares que compreende toda a área urbana do distrito.

Os moradores do distrito, que fica a cerca de 90km da sede do município, estão podendo realizar o sonho de ter a documentação de suas propriedades por meio do programa “Escritura na Mão”.

O projeto “Escritura na Mão” é desenvolvido em parceria entre a Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Conselho Municipal de Regularização Fundiária (Conredes), Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e a Comissão de Assuntos Fundiários, e tem por finalidade regularizar terrenos urbanos nos distritos do município.

O evento também contou com a presença dos vereadores, Valdemiro Furst (Miro), José Dias Pedroso (Gasolina) e Heder Sais Machado, secretários municipais, além de representantes de sindicatos, cooperativas e associações de pequenos produtores rurais.

“A Câmara municipal está fazendo tudo o que pode para que os distritos recebam a documentação para escriturar os terrenos urbanos, pois isso garante mais facilidade para a implantação de comerciantes e a geração de empregos e renda para a população”, ressaltou Canola.

O presidente do Legislativo também enfatizou em sua fala que os vereadores estão empenhados na legalização e na solução dos problemas dos assentados que ainda não tem documento de suas áreas. Segundo Canola, o município ainda tem um passivo de documentos com o Incra muito grande e isso tem causado um atraso no desenvolvimento.

2

1

Com Informações do site (camaranovaubirata.mt.gov.br)

About The Author
newsmt