Você está lendo:
Produtores de MT temem cenário econômico para próxima safra de soja
0

Produtores de MT temem cenário econômico para próxima safra de soja

by newsmtsetembro 15, 2014

O vazio sanitário da soja termina nesta segunda-feira (15) em Mato Grosso, o que significa que os produtores podem dar início ao plantio da oleaginosa. A nova safra de grãos tem uma perspectiva de aumento de área e também de apreensão com os preços. A estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) é de um avanço de 4% na área cultivada com soja no estado. As plantações podem ocupar 8,8 milhões de hectares, um novo recorde.

O ritmo do crescimento, entretanto, é mais lento que o registrado nas últimas safras. Entre os motivos, a preocupação dos agricultores com o mercado do grão. A previsão de uma super colheita nos Estados Unidosdeve elevar a oferta de soja no mundo. Assim, as cotações tendem a se manter baixas. Além disso, os custos de produção permaneceram elevados.

Para o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Ricardo Tomczyk, esse cenário trouxe bastante temor para o mercado, principalmente em Mato Grosso, onde os preços são os que mais sofrem com a falta de logística. “Então temos uma situação bastante preocupante para a próxima safra. Chegamos a trabalhar essa ano com 15 a 16 dólares o bushel, que hoje está em 10,5 dólares o bushel, portanto houve uma queda muito grande. Se fala em preço interno para a próxima safra saindo de um patamar de R$ 55 o preço futuro, que está hoje em torno de R$ 40, R$ 45, não mais do que isso”, afirma.

Um dos reflexos da preocupação dos produtores é a venda antecipada da safra, que está parada. Foram comercializados até agora apenas 11% da produção prevista. O que equivale a menos de 3,1 milhões toneladas. Nesta mesma época do ano passado, mais de 10 milhões de toneladas do grão já tinham sido negociadas.

Fonte: G1MT

About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?