Você está lendo:
Sobe para 206 o número de casos suspeitos de febre amarela em Minas Gerais
0

Sobe para 206 o número de casos suspeitos de febre amarela em Minas Gerais

by Radio Tangarájaneiro 19, 2017
O número de casos suspeitos de febre amarela, em Minas Gerais, passou de 184 ocorrências registradas até a última terça-feira (17), para 206 casos, nesta quarta-feira (18). Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde do estado, que também comunicou a suspeita de 53 mortes relacionadas à doença, sendo que dessas, 22 são consideradas prováveis de febre amarela.
Essas mortes ocorreram nos municípios de Ladainha, com dez vítimas, Piedade de Caratinga, com quatro, Ipanema e Malacacheta registraram dois óbitos cada. Imbé de Minas, Ubaporanga, São Sebastião do Maranhão, Itambacuri, Poté  e Setubinha também tiveram ocorrência de uma morte que pode estar ligada a enfermidade.
O Subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde, Rodrigo Said, afirma que o governo tem reforçado as ações de prevenção a doença. Ele ressalta a importância da vacinação contra a Febre Amarela.

Subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde, Rodrigo Said
“As ações, hoje, de combate a Febre Amarela no estado de Minas Gerais são prioritárias para o nosso governo. A principal atividade nesse momento é a atualização do cartão. Então, para esse atualização é importante que os pacientes que residem nessas regiões procurem uma unidade de saúde mais próxima de sua residência, levando o cartão de vacinação para verificação junto com a equipe de saúde se tem ou não a necessidade de um reforço”.

A vacina está disponível em toda a rede pública de saúde.
Por conta da do surto, o estado está em situação de emergência em saúde pública em 152 cidades, que fazem parte das regiões de Coronel Fabriciano, Governador Valadares, Manhumirim e Teófilo Otono. Ao todo, quase duas milhões de pessoas residem na região que fica no leste do estado.
About The Author
Radio Tangará