Você está lendo:
TRE nega pedido para tirar propaganda de Taques do ar
0

TRE nega pedido para tirar propaganda de Taques do ar

by newsmtagosto 28, 2014

Segundo defesa de Lúdio, propaganda de Taques estaria irregular

A juíza eleitoral Ana Cristina Silva Mendes negou pedido do candidato a governador Lúdio Cabral (PT) para proibir a veiculação de um dos programas eleitorais do também candidato Pedro Taques (PDT).

De acordo com a defesa de Lúdio, Taques teria infringido a lei eleitoral, ao divulgar resultado de pesquisa em desconformidade com resolução do TSE.

Realizada pelo instituo Vetor, a pesquisa apontou Taques com 38,6% das intenções de voto, na modalidade estimulada, seguido por José Riva (PSD), com 13%; e Lúdio Cabral (PT).

A pesquisa está registrada no TRE-MT sob o número MT-00065/2014 e foi encomendada pela coligação do candidato do PDT.

Segundo os advogados, o gráfico apresentado no programa de Taques apresentava colunas desproporcionais, o que poderia confundir o eleitorado.

No entanto, para a juíza Ana Cristina, das provas apresentadas não se extrai a ilegalidade apontada pelo candidato do PT, “no tocante à falta de clareza do texto em questão, apta a interferir de modo inquestionável a interpretação dos números fornecidos”.

“Concernente à divulgação do gráfico de pesquisa, obtempera-se que, na programação normal das emissoras, os denominados blocos, os recursos audiovisuais podem ser utilizados livremente, desde que não ridicularizem ou degradem candidatos, partidos políticos ou coligações”, disse a juíza.

A juíza determinou o prosseguimento da representação. “De todo modo, a respeito dos temas, necessária uma análise mais apurada, inviável neste juízo de cognição perfunctória”.

Reprodução

 DOUGLAS TRIELLI 
About The Author
newsmt

Tem algo a dizer sobre essa matéria?