Você está lendo:
TROCA DE PARTIDO: Blairo Maggi e Cidinho se filiam ao PMDB em setembro
0

TROCA DE PARTIDO: Blairo Maggi e Cidinho se filiam ao PMDB em setembro

by newsmtagosto 3, 2015

Republicanos tentam convencer outras lideranças do PR em Mato Grosso a saírem do partido

O senador Blairo Maggi e seu suplente, José Aparecido dos Santos, o “Cidinho”, ambos do PR, já definiram que irão se filiar ao PMDB no mês de setembro.A mudança de partido é possível, já que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou, em junho passado, a regra de perda do mandato para cargos do sistema majoritário de eleição.A alteração dá liberdade para gestores troquem de partido sem serem penalizados por ações de infidelidade partidária.

“A saída já está certa e nós iremos nos filiar ao PMDB em setembro, quando ocorrerá a convecção nacional do partido. Acredito que, nesta semana, seja definida uma data”, afirmou Cidinho, em entrevista ao MidiaNews.

“A saída já está certa e nós iremos nos filiar ao PMDB em setembro, quando ocorre a convecção nacional do partido. Acredito que nessa semana seja definida uma data”

O suplente confirmou, ainda, que tem mantido reuniões com prefeitos, vereadores e outras lideranças no PR, na tentativa de convencê-los a fazerem a mudança de sigla também.

“Estamos conversando com lideranças do PR e de outros partidos também. No momento certo, iremos anunciar os nomes daqueles que irão seguir para o PMDB com a gente”, disse Cidinho.

Por enquanto, ele preferiu não citar o número de pessoas que devem fazer essa migração.

Desejo antigo

Em entrevista recente ao MidiaNews, Blairo Maggi afirmou que sua ida para o PMDB já era um “desejo antigo”.

Na ocasião, Maggi lembrou que chegou a militar no antigo MDB, partido que abrigou os opositores do regime militar, entre os anos de 1965 a 1980, dando origem ao PMDB.

“Quando estudava, fiz universidade no Paraná e já militava no antigo MDB, fazendo a política estudantil”, disse o senador.

Maggi já reiterou também que sua mudança de sigla ocorre em razão de sua vontade de “fazer política dentro de um partido que seja mais orgânico”.

Outro motivo alegado pelo senador é o fato de o PMDB, segundo ele, ser uma sigla de maior inserção nacional e que, por isso, lhe proporcionará maiores possibilidades de discutir projetos políticos.

Fonte: Do Mídia News
About The Author
newsmt